Serviceline
Atendimento ao Cliente da Divisão de Sensores Industriais
Rede de Atendimento - Divisão de Proteção Contra Explosão

Negócios Conscientes – Tecnologias da Automação Asseguram a Entrada de Água sem Nenhum Problema em Estações de Tratamento


As tecnologias da Pepperl+Fuchs ajudam a garantir a segurança em estações de tratamento.

Do ponto de vista estético, as estações de tratamento de água não são muito 'glamourosas' e geralmente tem odores desagradáveis. De qualquer forma, elas contribuem de maneira essencial no fornecimento básico de água para cidades ao redor do mundo.



Para ter certeza de que a entrada de água nas estações de tratamento ocorram de maneira eficiente, produtos e tecnologias são usados para monitorar a rota da água residual em vários pontos. Devido a substâncias potencialmente inflamáveis, pode haver atmosferas explosivas. Esse risco requer componentes seguros que sejam adequados para uso em áreas classificadas.

A Pepperl+Fuchs oferece diversas soluções: sistema I/O Remoto para transmissão de sinal ao PROFIBUS DP, a infraestrutura fieldbus FieldConnex® para uma transferência consistente de dados digitais com PROFIBUS PA e módulos do Sistema-K, incluindo vários condicionadores de sinal e barreiras isoladoras. Todos esses produtos atendem aos requisitos de segurança e confiabilidade para esse tipo de aplicação.


Deixe a água fluir


Em muitas regiões, o declive natural ajuda a transportar a água residual de residências e indústrias para estações de tratamento. Onde isso não é possível, as bombas levam a água para um nível mais alto e a encaminham para a estação. Este procedimento pode ser interrompido se a regras de descarte adequado de água e resíduos não forem respeitadas. Partículas estranhas como lenços umedecidos, por exemplo, tornam-se rapidamente um problema quando bloqueiam o fluxo das bombas. Para evitar esse tipo de interrupção, o fluxo é monitorado. Neste caso, um conversor de frequência funciona como um monitor de velocidade de rotação. Se houver algum bloqueio, um monitoramento constante permite uma reação rápida, para que uma bomba obstruída não cause problemas no interior da estação de tratamento.


Proteção contra inundações

O FieldConnex® assegura a transferência de dados digitais com PROFIBUS PA.
O FieldConnex® assegura a transferência de dados digitais com PROFIBUS PA.

Além das águas residuais, a chuva também pode ser conduzida para a estação de tratamento. Numa primeira etapa, a água da chuva é coletada em um recipiente de retenção, afim de evitar sobrecarga nas etapas posteriores. Como o recipiente não pode transbordar, os sensores ultrassônicos detectam o nível de enchimento dentro do recipiente, que é transmitido para a sala de controle pelas fontes de alimentação do transmissor ou barreiras de campo.

Os valores medidos servem como uma base para controlar as bombas que conduzem a água da chuva até a estação de tratamento. Essas bombas são equipadas com monitores de velocidade de rotação, garantindo que sempre haverá água suficiente fluindo para a estação e que não haja maiores danos, como uma ruptura de cano, por exemplo.


Roteamento de água para tratamento

Para evitar que altos teores de sal, lixívias e ácidos cheguem a etapa de tratamento biológico, a condutividade e os valores de pH são medidos quando a água ingressa na estação. Quantidades excessivas desses agentes podem ser geradas com o deterioração de materiais orgânicos e não devem entrar neste estágio da estação de tratamento.


Você sabia?

A maior estação de tratamento de águas residuais do mundo está localizada na cidade de Hidalgo no México. A cerca de 60 km de distância da capital, Cidade do México, a estação de Atotonilco trata até 60% das águas residuais da cidade. O projeto foca especialmente na sustentabilidade: o biogás é usado na produção de energia e as águas tratadas irrigam até 80.000 ha de terra.


Destaques

  • Monitoramento do fluxo das bombas com conversores de frequência, que funcionam como monitores da velocidade rotacional
  • Sensores ultrassônicos evitam possíveis transbordamentos no recipiente de retenção de água de chuva
  • Transmissão de sinal com Sistemas I/O remotos, módulos do Sistema-K ou FieldConnex®
  • Segurança para áreas com risco de explosão