ASi-5

A nova geração da Interface AS

Benefícios

Largura de banda de dados

Maior largura de banda de dados

Com uma largura de banda de dados quatro vezes maior por ciclo, os usuários da ASi-5 podem acessar até 16 bits por escravo. No passado, era possível conectar apenas 62 escravos, mas agora a ASi-5 permite que até 96 sejam integrados.
Tempo de ciclo menor

Tempo de ciclo menor

Agora que o tempo de ciclo passou de 5 ms para 1,2 ms, a ASi-5 transmite valores digitais e analógicos muito mais rapidamente, levando o desempenho a um nível totalmente novo.
Sistema aberto

Sistema aberto

A rede ASi-5 dá suporte à integração de outras tecnologias, como o IO-Link. Os dispositivos de segurança podem ser conectados de forma fácil e acessível com o sistema de barramento de campo recém-desenvolvido.
Recurso de diagnóstico avançado

Recurso de diagnóstico avançado

Um canal de diagnóstico adicional permite maior disponibilidade da fábrica. Juntamente com dados de processo cíclicos, os dados de status acíclicos podem ser recuperados, estabelecendo a base para a manutenção preditiva.

A nova geração da Interface AS

A Interface AS, abreviação de interface do atuador-sensor, é uma tecnologia de fiação simples e econômica para sensores e atuadores. A energia é fornecida e os dados são transferidos por meio de um único cabo plano com proteção de polaridade reversa. Usando a tecnologia de perfuração, os dispositivos da Interface AS podem ser posicionados facilmente e com total flexibilidade ao longo de todo o cabo plano.

Logotipo da Interface AS

Uma comunidade de desenvolvimento de sete empresas agora está trabalhando em uma nova geração de Interface AS que levará o desempenho para o próximo nível: a ASi-5. Essa geração levará em conta a Indústria 4.0 e permitirá que a Interface AS seja combinada com o IO-Link no futuro.

5 motivos para usar a Interface AS

1
2
3
4
5

Endereçador da ASi-5

Um endereçador é uma excelente ferramenta para facilitar o comissionamento da ASi-5. A Pepperl+Fuchs já desenvolveu essa ferramenta de serviço como seu primeiro produto ASi-5. Tal como acontece com o endereçador da ASi-3, o novo desenvolvimento será oferecido a todas as outras empresas membros da ASi como um produto padronizado de marca.

O novo endereçador permitirá conectividade Bluetooth via smartphone ou tablet, tornando possível o endereçamento do dispositivo por meio de um aplicativo. O aplicativo correspondente possui uma interface de usuário intuitiva que inclui a opção de endereçar escravos únicos ou todos os dispositivos em uma linha da Interface AS. A fonte de alimentação para o endereçador da ASi-5 e os escravos da ASi-5 é fornecida por meio de uma interface USB-C padronizada. Dessa forma, o endereçador da ASi-5 pode fornecer suporte ideal ao pessoal durante a manutenção e reparos futuros.

Como cofundador da tecnologia ASi-5, a Pepperl+Fuchs está trabalhando duro para testar, concluir e lançar um portfólio abrangente de produtos ASi-5. A ASi-5 complementa a infraestrutura da ASi-3 existente, e ambas operam no mesmo cabo plano da Interface AS. É por isso que os produtos ASi-3 ainda serão produzidos e estarão disponíveis para compra durante um período de transição de vários anos. Os primeiros desenvolvimentos de produtos por membros da ASi fora da comunidade de desenvolvimento da ASi-5 deverão ser lançados a partir de 2020.

 



Endereçador da ASi-5 (esquerda) e Endereçador da ASi-3 (direita)

Endereçador da ASi-5 (esquerda) e Endereçador da ASi-3 (direita).

Tecnologia Interface AS

Dr. Thomas Sebastiany, diretor da unidade de negócios de sistemas da Pepperl+Fuchs e membro do conselho do consórcio ASi

Saiba mais sobre o aprimoramento da tecnologia Interface AS, os novos recursos e benefícios que a nova geração trará e como o desenvolvimento dos primeiros dispositivos ASi-5 está tomando forma em uma entrevista com o Dr. Thomas Sebastiany, diretor da unidade de negócios de sistemas da Pepperl+Fuchs e membro do conselho da comunidade de desenvolvimento da ASi.





Logotipo da Interface AS

A Pepperl+Fuchs foi uma das 11 empresas que fundou a Interface AS em 1990 e ajudou a moldar o processo de desenvolvimento desde o início. O site oficial da organização do usuário fornece uma visão geral das últimas notícias, tendências, desenvolvimentos e aplicativos e oferece acesso a uma ampla base de conhecimento sobre a tecnologia conhecida por seu cabo plano e amarelo de dois fios.

Aplicações

Transporte público
Geralmente, falhas técnicas em ferrovias levam a atrasos ou cancelamentos. Especialmente em trens modernos com muitos equipamentos técnicos, há várias possíveis causas de uma falha. No futuro, será possível transmitir dados de diagnóstico adicionais via ASi-5, permitindo a detecção e avaliação mais rápidas do problema. Por exemplo, a ASi-5 permite que barreiras de luz com detecção de contaminação sejam instaladas na porta de um trem para determinar se uma pessoa está bloqueando a porta ou se a barreira de luz está simplesmente suja. Antes, era impossível fazer essa distinção usando a Interface AS, mas a ASi-5 permitirá um diagnóstico mais rápido e evitará atrasos desnecessários durante a operação.
Controle de rolete do motor
A Interface AS é usada em sistemas transportadores para conectar acionadores de motor, barreiras de luz, torres de sinal, componentes de segurança e outros dispositivos em longas distâncias. No entanto, com a atual Interface AS, apenas dados de saída de 3 bits estão disponíveis para cada acionador de motor na faixa de endereço estendida, de modo que somente oito "comandos" diferentes, como a velocidade do motor, podem ser transferidos. Futuramente, a ASI-5 disponibilizará dados de saída de 16 bits para permitir classificações muito mais finas. A ASI-5 permitirá que dados de parâmetros, como a direção de rotação e a rampa de partida/parada, sejam transmitidos nos dados do processo. Isso permite que a parametrização ocorra no momento certo, o que não era possível, pois era necessário um canal adicional.
Sistemas transportadores
Graças à fácil conexão de muitas E/Ss por longas distâncias, a Interface AS é usada em sistemas de transporte de bagagem em aeroportos. Leitores de código QR ou sistemas RFID geralmente fornecem as informações sobre onde uma parte da bagagem deve ser transportada. No momento, como a Interface AS não pode transmitir esses dados devido ao seu grande volume, são necessários sistemas separados. A ASi-5 é capaz de transmitir até 192 bytes de dados de entrada e saída em apenas 5 ms. Isso tornará possível integrar sistemas RFID ou leitores de código QR ao sistema no futuro, de modo que somente um sistema será necessário para identificar e controlar o sistema transportador. Isso reduzirá os custos e a complexidade.

Entre em Contato

Quais vantagens a nova tecnologia ASi-5 traria para a minha fábrica? Como exatamente os dispositivos IO-Link são integrados a uma rede ASi-5? Teremos prazer em responder a essas e quaisquer outras perguntas que você possa ter. Basta nos enviar uma mensagem ou agendar uma consulta pessoal com um dos nossos especialistas.