Atendimento ao Cliente da Divisão de Sensores Industriais
Rede de Atendimento - Divisão de Proteção Contra Explosão

New Reduction Factor 1 Sensors with IO-Link Combine Benefits of Two Technologies

2019-02-22

Reduction factor 1 sensors can switch distances for all types of metals ...
Reduction factor 1 sensors unify switching distances for all types of metals.

Plant designers have long had to use different types of sensors or deal with time-consuming reconfiguration when tasked with detecting objects made of different types of metal. Standard inductive sensors can only detect different metal targets when the switching distance is reduced. This is due to reduction factors that vary from one metal to another. Reduction factor 1 sensors circumvent this issue and unify switching distances for all types of metals. As the inventor of the world’s first inductive proximity sensor, Pepperl+Fuchs has extended its portfolio to include reduction factor 1 sensors with IO-Link, providing users with even more flexibility, additional features, and diagnostic options.


Sensores com Fator de Redução 1 com IO-Link — Distância de Comutação Idêntica para todos os Metais

O diversificado portfólio de sensores com fator de redução 1 está estabelecendo um novo parâmetro de referência para confiabilidade e flexibilidade em áreas de soldagem, para uso padrão ou para aplicações que exigem operações de limpeza, com ou sem IO-Link. Os sensores indutivos com fator de redução 1 e IO-Link da Pepperl+Fuchs oferecem distâncias de comutação idênticas para todos os metais e novos recursos para instalação, diagnóstico e manutenção.

 

Manutenção Preditiva Simplificada

Os novos sensores de fator de redução 1 com IO-Link são fáceis de configurar pelo sistema de controle. Sua função de armazenamento de dados assegura a reconfiguração automatizada por meio de um IO-Link mestre caso um dispositivo precise ser substituído. Os novos sensores têm se provado em aplicações com tolerâncias mecânicas que podem levar à detecção de problemas com sensores padrão. O alarme de estabilidade dos sensores IO-Link é notado assim que o alvo se move para fora da distância de operação garantida. Esta função não só facilita o comissionamento com um LED integrado que pisca caso a distância operacional garantida seja excedida, como também possibilita a manutenção preditiva. Um componente pode sair da distância operacional garantida por influências mecânicas. Quando isso ocorre, o sensor inteligente emite o alarme, o LED integrado pisca e o sinal é transferido automaticamente para o sistema de controle. É assim que os dados coletados pelo IO-Link e pelo sistema de controle são usados para automação e diagnóstico em uma variedade de aplicações.

Se necessário, um sensor de fator de redução 1 pode servir como um indicador de temperatura que mostra se a operação está na gama de temperatura designada, ou se está sendo exposta a temperatura muito alta. Esses indicadores proporcionam a detecção antecipada de aumentos de temperatura antes que o sensor ou os componentes sensíveis do sistema, como os encontrados em oficinas de pintura ou em fundições, sejam danificados. Com a ajuda do alarme de estabilidade e do indicador de temperatura, as informações de pré-falha são comunicadas constantemente, de modo que a manutenção possa ser executada antes da falha do sensor.



Todos os sensores de fator de redução 1 são fornecidos com uma distância operacional dupla pré-configurada.

Confiável e Econômico, Mesmo em Condições Ambientais Exigentes

Os sensores imunes a solda estão disponíveis especialmente para ambientes industriais adversos, como aplicações de soldagem da indústria automotiva. Eles são robustos e resistentes a interferências magnéticas durante soldagem elétrica, respingos de solda e outras influências similares. As versões em aço inoxidável, em contrapartida, suportam agentes agressivos de limpeza e são ideais para aplicações exigentes, como no setor de alimentos ou em instalações químicas e farmacêuticas.
No modo janela, o sensor alterna entre dois pontos de comutação e verifica se o objeto está localizado dentro da janela de comutação definida ou se está muito próximo do sensor e pode causar danos. Além disso, a extensão de sinal de saída opcional melhora a confiabilidade da detecção. Esta extensão de pulso é especialmente útil em aplicações com alvos que se movem rapidamente.

Outra inovação é a possibilidade de comutar entre normalmente aberto e normalmente fechado, ou entre uma distância de comutação dupla ou padrão. Todos os sensores de fator de redução 1 são fornecidos com uma distância operacional dupla pré-configurada. Para aplicações que demandam uma distância de comutação padrão, isso pode ser alterado no IO-Link. Os dois sensores não são mais necessários. Devido a esse motivo e às distâncias de comutação iguais para todos os metais, os usuários podem reduzir a aquisição, a administração e os custos de armazenamento.


Destaques dos Novos Sensores de Fator de Redução 1 com IO-Link

  • Solução IO-Link completa de uma única fonte: sensores, mestres e infraestrutura
  • Manutenção inteligente por meio de alarme e indicador de temperatura estáveis
  • Flexível: um amplo portfólio de sensores com distância de comutação idêntica, independente do material do alvo
  • Sensores robustos e imunes a solda com classificação IP68/IP69K para proteção em ambientes industriais adversos

e-news

Inscreva-se em nosso boletim informativo e receba novidades e informações interessantes sobre automação em todo o mundo.

Cadastre-se
amplify—A Revista da Pepperl+Fuchs

Explore a nossa revista! Cases de sucesso, relatórios de aplicação, entrevistas e novidades esperam por você.